Na sua Assembleia Geral realizada em 27 de outubro de 2023 na vila de Kaynardzha (Bulgária), a ENPP aprovou uma Declaração sobre a Guerra na Ucrânia, na qual defende a primazia do diálogo e da negociação para pôr fim a esta guerra.
Aqui está o texto completo da Declaração aprovada:

 

PÔR FIM À GUERRA NA EUROPA

ESTABELECER UMA PAZ DURADOURA PARA TODOS OS POVOS EUROPEUS

 

CONSIDERANDO QUE:

  1. Mais de um ano e meio após o início desta guerra na Ucrânia, o perigo da sua propagação aos países mais próximos e à Europa como um todo persiste e agrava-se, como alertou a ENPP cinco dias após o seu início, continuando a verificar-se uma crescente militarização do conflito em detrimento de iniciativas que conduzam à Paz;
  2. A preocupação prioritária da ENPP vai para todos aqueles que já sofreram, continuam a sofrer ou estão em risco de sofrer com a continuação desta guerra e a sua eternização no tempo, nomeadamente o povo ucraniano, com milhares de mortes e destruição do seu património e todos os outros povos europeus que já sofrem as suas consequências indirectas (inflação, estagnação económica, etc.);
  3. A acção da ENPP, baseada nos seus princípios estatutários, nomeadamente com base na alínea c) do seu artigo 3.º, está orientada para a primazia do diálogo e da negociação que ponha fim a esta guerra e estabeleça todas as condições necessárias para uma paz sustentável e duradoura em Europa.
  4. As Nações Unidas, a União Europeia e a NATO devem orientar a sua acção no respeito pelo objectivo principal para o qual foram criadas, ou seja, garantir a paz na Europa e no Mundo e tal não se consegue com armas mas sim com negociações.

A Assembleia Geral da Associação European Network of Places of Peace, com base nos seus princípios estatutários e na herança histórica dos Tratados de Paz assinados nos lugares europeus que a constituem, decide:

1 – Repudiar e condenar todas as iniciativas contrárias ao recurso ao diálogo e à negociação na resolução de conflitos entre os povos e, consequentemente, repudiar e condenar a invasão armada do território ucraniano pela Federação Russa, bem como todas as ações que visem priorizar soluções militares em detrimento de diálogo e da negociação;

2 – Exortar e apelar às principais instituições europeias (União Europeia e Conselho da Europa) para que atuem de acordo com os interesses de todos os povos europeus e com os próprios princípios que nortearam a sua constituição (Tratado de Maastricht/1992 e Fundação do CoE/1949), orientando a sua ação para pôr fim a esta guerra e criar as condições para garantir uma paz duradoura para todo o povo ucraniano bem como evitar a propagação desta guerra e as suas consequências para os restantes povos europeus;

3 – Actuar no sentido de sensibilizar as instituições europeias, as potências nacionais e os EUA para a necessidade urgente de prosseguir políticas que levem ao fim desta guerra, o mais rapidamente possível, com base nos pressupostos e orientações definidos nos pontos anteriores e de acordo com os interesses das populações de toda a Ucrânia, incluindo Donbass e Crimeia, expressos democraticamente e sob a supervisão das Nações Unidas.

Kaynardzha (Bulgária), 27 de outubro de 2023

 A Assembleia Geral Anual da Associação European Network of Places of Peace

De 13 a 16 de Outubro, realizou-se em Évora Monte (Portugal) o 14º. Encontro Europeu da Rede Europeia de Sítios da Paz tendo como hospedeiro o Município de Estremoz na sua qualidade de membro fundador desta Associação, durante o qual várias delegações de países estrangeiros participaram na Assembleia Geral realizada no dia 14 de Outubro, na Torre/Paço de Évora Monte tendo no dia 15 de Outubro visitado alguns dos locais mais emblemáticos da cidade de Estremoz, onde foram recebidos pelo Presidente da Câmara, Prof. José Daniel Sadio e pela Vice-Presidente, Sónia Caldeira.
No início da Assembleia Geral, que se iniciou com uma intervenção de boas-vindas pelo Presidente da Câmara de Estremoz, Prof. José Daniel Sadio, os membros presentes foram informados e discutiram as actividades em curso da responsabilidade da Associação, nomeadamente, a candidatura transnacional à Marca do Património Europeu de sítios europeus onde foram assinados Tratados de Paz e que a Casa da Convenção de Évora Monte, propriedade do Município de Estremoz, irá integrar e os 2 eventos de mobilidade ERASMUS+ que se realizarão também na Torre/Paço de Évora Monte com a participação de 8 países europeus.
As delegações presentes discutiram também o Plano de Actividades da ENPP a 3 anos e o Plano Financeiro a 3 anos desta Associação.
No mesmo dia realizou-se também a Assembleia Eleitoral da ENPP que elegeu os novos Corpos Gerentes para o quadriénio 2022/2026 sendo que a Direcção continua a ser encabeçada por Eduardo Basso, em representação da Liga dos Amigos do Castelo de Évora Monte.
A Assembleia decidiu também conceder a Ulf Müller, membro da Liga dos Amigos do Castelo de Hubertusburg e ex-membro da Direcção da ENPP, o estatuto de Membro Associado e de Membro Honorário da ENPP, pelo seu constante compromisso com a Associação e as suas actividades, desde a sua fundação em 2010.
Para além das delegações dos membros portugueses da Rede Europeia de Sítios da Paz prevê-se participaram neste Encontro várias delegações estrangeiras, nomeadamente uma delegação da cidade ucraniana de Khotyn, membro da Associação, chefiada pelo Presidente da Câmara, sr. Andryi Dranchuk.

O Município de Wermsdorf (Alemanha) formalizou a sua adesão à European Network of Places of Peace no seguimento da decisão do seu Conselho Municipal tomada por unanimidade.
O Município de Wermsdorf, presidido pelo Sr. Matthias Müller, tem no seu território o Castelo de Hubertusburgo, local onde em 15 de Fevereiro de 1763 foi assinado o Tratado de Paz conhecido como “Paz de Hubertusburgo” pondo fim à conhecida “Guerra dos Sete Anos”.
A adesão desta entidade pública alemã irá decerto reforçar o trabalho da ENPP em termos de promoção daquele importante “place of peace”, o qual já pertence à nossa Rede desde a sua fundação em 2010 através da Liga dos Amigos do Castelo de Hubertusburgo, uma associação sem fins lucrativos que tem como principal objectivo a salvaguarda e a promoção do património arquitectónico e histórico do Castelo de Hubertusburgo.

Em formato online, a ENPP realizou no dia 7 de Abril, pelas 16 horas (hora de Portugal), a sua Assembleia Geral Anual para discussão e votação dos documentos de gestão relativos ao ano de 2021 (Prestação de Contas e Relatório da Direcção) e do Plano de Actividades para 2022, tendo sendo ainda feito um balanço do projectos em curso na Associação.
Os documentos de gestão foram aprovados por unanimidade dos membros presentes.
No que respeita aos projectos em curso, a Assembleia Geral apreciou os projectos candidatos pela Associação e outros parceiros ao programa ERASMUS+, tomou conhecimento da candidatura submetida pela Associação aos Prémios EUROPA NOSTRA 2022, fez um balanço da preparação da candidatura de sítios da Europa onde foram assinados Tratados de Paz à Marca do Património Europeu para o período de avaliação de 2023 bem como discutiu a possibilidade de submissão de nova candidatura da “Places of Peace Route” a Rota Cultural do Conselho da Europa para o período de avaliação 2022/2023 em resposta ao conviterecebido nesse sentido do Secretário Executivo do Acordo Parcial Alargado das Rotas Culturais do Conselho da Europa.
A Assembleia Geral foi ainda informada do convite da Presidente da Direcção da Associação Trencin Cidade Europeia, membro da ENPP, para realização do Encontro Europeu presencial de 2022 naquela cidade eslovaca no início do próximo mês de Setembro.

A situação de guerra na Ucrânia poderia ter sido evitada se tivessem prevalecido os princípios do diálogo e de negociação na resolução de conflitos defendidos pela ENPP com base na experiência histórica dos Tratados de Paz e dos locais onde eles foram assinados, que integram a nossa Rede.
Infelizmente, este não foi o caminho que foi seguido pelas partes em conflito nem por outros decisores políticos mundiais e neste momento assistimos ao imenso sofrimento das populações da Ucrânia, à separação de famílias e a um imenso fluxo de refugiados ucranianos.
A ENPP apela às partes em conflito que usem todas as janelas de oportunidade de diálogo e negociação que abram caminho para pôr fim a esta guerra e acabar com as nefastas consequências para os povos europeus, a quem a ENPP manifesta a sua mais profunda e sincera solidariedade.
Por isso, a ENPP lançou uma campanha de solidariedade com a cidade de Khotyn (Ucrânia), membro da ENPP desde o passado mês de Dezembro, que devido à sua proximidade com as fronteiras da Moldávia e da Roménia, está a receber inúmeros refugiados de guerra. De acordo com os nossos parceiros ucranianos, as principais necessidades centram-se em equipamentos eléctricos de aquecimento, equipamentos para bombagem de água, camas, colchões, alimentos (enlatados, massas, cereais, biscoitos), medicamentos, dispositivos médicos e auxiliares de cuidados médicos, kits de primeiros socorros e produtos de higiene pessoal.
Esta campanha está a ser conduzida pelos membros da ENPP em vários países europeus e todos os que pretendam contribuir devem contactar os membros da ENPP nos seus países, cujos contactos estão disponiveis no site oficial da ENPP, em Português, Inglês, Francês e Alemão através do link: https://placesofpeace.eu/contact/.

 

A Rede Europeia de Sítios da Paz (ENPP) foi convidada pelo Ministro da Educação da República do Azerbeijão para participar e intervir no “Peace4Culture Forum” que terá lugar no próximo dia 2 de Dezembro, na cidade de Baku, capital do Azerbeijão.
A participação e intervenção da ENPP neste Forum estará a cargo do seu Presidente da Direcção, Eduardo Basso, e será realizada durante a 2ª. Sessão Plenária subordinada ao tema “Como podemos reforçar sociedades pacíficas sustentáveis e o sistema internacional da Paz?”.
O Forum “Peace4Culture” insere-se no programa global conhecido como “Baku Process” (https://www.bakuprocess.az/), dinamizado pelo Governo da República do Azerbeijão desde o ano de 2010 e que visa promover o diálogo intercultural e desenvolver o sistema de paz ao nível global, aproveitando a localização geográfica do país e a diversidade cultural e religiosa do seu povo.
A ENPP já tinha participado no 3º Forum Mundial para o Diálogo Intercultural que se realizou na cidade de Baku em 18 e 19 de Maio de 2015 sob o tema “Partilhar Cultura para uma Segurança Partilhada”.

Na foto: Universidade ADA de Baku, local do Forum

Faleceu hoje o Dr. Georg Müller, ex-presidente da Liga dos Amigos do Castelo de Hubertusburg (Wermsdorf, Alemanha).
É realmente uma muito má notícia para a família, para a Liga dos Amigos do Castelo de Hubertusburg(Membro da ENPP), para Wermsdorf e para a European Network of Places of Peace, da qual foi um dos fundadores e com a qual começou a trabalhar em 2007 quando a nossa Rede era ainda um projecto no seu início. Destaca-se especialmente a dedicação, o entusiasmo e o grande compromisso pela divulgação do Património Histórico do Castelo de Hubertusburg.
Quando em 2007 a Liga dos Amigos do Castelo de Évora Monte iniciou os contactos com organizações europeias com vista à criação da European Network of Places of Peace a primeira resposta (e que entusiástica resposta) que recebeu foi exactamente do Dr. Georg Müller, nessa data presidente da Liga dos Amigos do Castelo de Hubertusburg . Recordamos em especial o discurso que fez na Conferência sobre a Paz realizada em Évora Monte (Portugal) em Dezembro de 2007 e que constituiu o ponto de partida da nossa Rede e nos deu a certeza que o projecto que tinhamos idealizado tinha todo o sentido.
A ENPP, pela mão do seu Vice-Presidente, Sr. Ulf Müller, entregará à família do Dr. George Müller um ramo de flores em nome do European Network of Places of Peace. A ENPP também apresentará à família, através do seu filho Mr. Matthias Müller, Presidente da Câmara de Wermsdorf, os pesâmes em nome de todos os membros da nossa Rede.
A nossa Rede está de luto. No 13º Encontro da ENPP que se realizará em Markranstädt (Alemanha) entre 14 e 17 de Outubro próximo a ENPP prestará a devida homenagem ao Dr. George Müller e será proposta a sua nomeação, a título póstumo, como Membro Honorário da ENPP.

Foto: Dr. Georg Müller na assinatura da escritura pública da ENPP (Torre/Paço de Évora Monte, Portugal, 28 de Maio de 2010)

Na passada segunda-feira, 20 de Setembro, uma delegação da ENPP constituída por Eduardo Basso, President da ENPP e Apolónia Rodrigues, Coordenadora da Places of Peace Route foi recebida na Embaixada da Turquia em Portugal pela Embaixadora, Sra. Lale Ülker e pela Primeira Conselheira da Embaixada, Sra. Sükrüye Bayar Balcius na sequência da visita que uma delegação da ENPP realizou no final de Agosto à cidade turca de Edirne, membro fundador da associação.
A delegação da ENPP teve oportunidade de informar a Sra. Embaixadora da Turquia em Portugal sobre a forma simpática como a delegação da ENPP foi recebida em Edirne bem como sobre o competente e muito completo programa que o Município de Edirne preparou e concretizou para aquela visita.
Na reunião, a delegação da ENPP expressou o interesse da Rede na adesão de outras cidades turcas onde foram assinados outros tratados de paz e de reforçar os laços de colaboração entre a associação e a Turquia.
No final da reunião, foi decidido manter contactos regulares nomeadamente sobre a evolução da actividade da ENPP na Turquia.

Uma delegação da ENPP constituída por Eduardo Basso, Presidente da Direcção, Apolónia Rodrigues, Coordenadora da Places of Peace Route e Áurea Rodrigues, Presidente do Conselho Científico, visitou nos dias 24 e 25 de Agosto a cidade de Edirne cujo Município é membro fundador da Rede e que recentemente recuperou a sua actividade na Associação por acção do seu actual Presidente da Câmara Municipal, Sr. Recep Gürkan.
A delegação da ENPP foi recebida no primeiro dia pela Chefe do Departamento do Departamento de Relações Internacionais e com a União Europeia da cidade de Edirne, Sra. Ebru Karaca, que acompanhou as visitas a alguns dos principais ex-libris do Património Cultural da Cidade: Museu Municipal da Cidade de Edirne, Mesquita Selimiye (Património Mundial da UNESCO), Museu Artístico do Chapéu Turco, Museu de Arqueologia de Edirne e os Bazares de Arasta, Bedesten e Alipaşa, da parte da manhã, seguindo-se, da parte da tarde, as visitas à Grande Sinagoga, à Igreja Ortodoxa Búlgara, ao Monumento do Bébé Turco e, finalmente, ao Monumento Lozan – Monumento Comemorativo do Tratado de Lausanne de 1923 – Tratado que devolveu a região de Edirne à República Turca.
A manhã do segundo dia de visita foi ocupada com reuniões bilaterais entre a delegação da ENPP e o Município de Edirne: primeiro, com os responsáveis do Departamento de Relações Internacionais e com a União Europeia da cidade de Edirne durante a qual foram apresentados os projectos transfronteiriços envolvendo Edirne e várias cidades búlgaras bem como os actuais projectos em curso da ENPP nomeadamente a preparação do 13º Encontro Europeu da Associação que se terá lugar na cidade alemã de Markranstädt em Outubro próximo. Seguiu-se uma reunião com o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Edirne, Sr. Yaver Tetik, em representação do Presidente da Câmara, Sr. Recep Gürkan, ausente no estrangeiro, na qual foram discutidos vários aspectos relacionados com o envolvimento da cidade na ENPP, tendo a delegação da ENPP oferecido uma pedra pintada pela artista evoramenotense Inocência Lopes representando a Casa da Convenção, local onde foi assinada a Convenção de Évora Monte que terminou com as chamadas “Guerras Liberais” em 1834.
Da parte da tarde deste dia foi ainda possível visitar o Complexo do Museu da Saúde (Hospital Otomano) antes da partida da delegação da ENPP.
Esta visita contribuiu para reforçar os laços de colaboração entre a ENPP e a cidade de Edirne que se esperam sejam reforçados no futuro.

 

Na foto: a delegação da ENPP com o Vice-Presidente  Yaver Tetik e a chefe do Gabinete de Relações Internacionais e UE, Sra. Ebru Karaca

Após um período em que foi obrigada a realizar as suas reuniões online, devido à pandemia COVID-19, a Rede Europeia de Sítios da Paz (ENPP) já está a preparar o seu 13º Encontro Europeu e 10ª Assembleia Geral, de forma presencial, o qual está previsto para os próximos dias 14 a 17 de Outubro de 2021, na cidade alemã de Markranstädt (Leipzig), o Município a que pertence o Castelo de Altranstädt,um dos mais emblemáticos locais da Places of Peace Route.

O 13º Encontro Europeu da ENPP será organizado pela Associação para a Promoção do Castelo de Altranstädt, membro fundador da ENPP e será realizado nas instalações do Município de Markranstädt, cujo apoio foi essencial para que fosse possível a concretização do Encontro.

Prevê-se a presença de delgações dos membro da ENPP dos 9 países europeus que integram a Rede bem como de outras entidades públicas e privadas de outros países europeus que serão convidadas a participar no encontro como observadores.

Este Encontro irá centrar o seu trabalho na discussão e aprovação do Plano de Actividades a 3 Anos com o qual se espera encetar uma nova fase na vida da Associação, nomeadamente através do reforço da sua estrutura directiva, do incremento das actividades nos locais da Rota e o lançamento de actividades transnacionais ao longo de toda a Rota e entre locais vizinhos, das autonomização do Conselho Científico da Places of Peace Route bem como da estrutura de suporte desta Rota.

Paralelamente, os membros da ENPP discutirão o Plano de Financeiro de suporte ao Plano de Actividades a 3 Anos que inclui um maior envolvimento financeiro dos membros da Rede, nomeadamente das entidades públicas e a apresentação de candidaturas a fundos nacionais e comunitários.

 

Na foto: Vista geral do Castelo de Altranstädt (ver mais em: https://placesofpeace.eu/a-rota/altranstadt/?lang=pt-pt)