O Município de Viana do Alentejo e a Associação European Network of Places of Peace (ENPP),  no âmbito de um Protocolo estabelecido entre as duas entidades, entregaram hoje, dia 9 de Dezembro, na Direcção Regional de Cultura do Alentejo (Portugal) a candidatura transnacional à Marca do Património Europeu (MPE) com o nome comum “Places of Peace” que integra, para além do Paço dos Henriques, em Alcáçovas (Portugal) mais 6 sítios localizados em outros tantos Estados Membros da União Europeia, possuidores de um Património Imaterial comum uma vez que em todos eles foram assinados relevantes Tratados de Paz.

A Marca do Património Europeu (MPE), instituída em 2011 pela Decisão n.º 1194/2011/UE do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu, tem como objectivo distinguir sítios que representem um forte valor simbólico europeu e que confiram visibilidade quer à história comum europeia e à construção da União Europeia (UE), quer aos valores europeus e aos direitos humanos que são o sustentáculo do processo de integração europeia.

A candidatura foi apresentada na categoria de “sítio transnacional”, ou seja, um sítio que associa vários sítios localizados em diferentes Estados-Membros que se centram num tema específico e integra, para além do Paço dos Henriques (Portugal) como sítio coordenador da candidatura, o Conjunto Histórico de Alcañices (Espanha), o Castelo de Trencin (Eslováquia), a Casa da Paz de Vasvár (Hungria), o Mosteiro de S. Francisco de Zadar (Croácia), o Parque da Fonte Histórica de Kaynardzha (Bulgária) e o Museu Nacional Cotroceni de Bucareste (Roménia).

Na foto: António Padeirinha (Município de Viana do Alentejo) e Eduardo Basso (ENPP)